Pérez diz que sua classificação foi "impressionante"

Sergio Pérez conseguiu pela primeira vez na temporada entrar em um Q3. O mexicano destacou que as constantes mudanças de condições no circuito de Xangai dificultaram o trabalho

Sergio Pérez disse na sexta-feira, após os dois primeiros treinos livres para o GP da China, que ele tinha condições de lutar para estar no Q3 neste sábado. As previsões do mexicano da Force India se concretizaram e ele foi o único dos dois carros da equipe de Vijay Mallya a entrar na sessão depois que Esteban Ocon foi eliminado no Q2.

A Force India decidiu que Sergio Pérez só teria uma única tentativa, economizando pneus, na rodada dos 10 melhores. No final, Checo alcançou o oitavo lugar. Ao chegar na área de mídia, o nativo de Jalisco se mostrava sorridente pelo feito.

"Foi uma volta impressionante que conseguimos hoje", disse Pérez aos microfones da Fox Sports Latin America.

"Foi inesperado, estávamos em condições muito difíceis com o vento, foi difícil colocar a volta, mas sabia que hoje poderíamos fazer a diferença e conseguimos. O que conseguimos hoje foi inesperado para a equipe, então estou feliz de estar no meu primeiro Q3 do ano”.

Pérez indicou que as condições do vento os obrigaram a realizar mudanças no set-up. Adicionado a isso estava a dificuldade da luta forte no grupo intermediário do grid.

"O vento mudou muito e o que tivemos de ontem para hoje foi uma adaptação para a pista porque tivemos condições difíceis. A pista estava complicada hoje".

"Estamos todos muito perto, mas já disse isso, estamos nos aproximando pouco a pouco e hoje é a mostra de que estamos nos aproximando. Estamos mais perto da concorrência", concluiu o mexicano.

Confira o grid de largada para o GP da China

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Sub-evento Sábado - Treino Classificatório
Pista Shanghai International Circuit
Pilotos Sergio Perez
Equipes Force India
Tipo de artigo Reactions