Perez e Hartley discordam sobre erro na volta de alinhamento

compartilhar
comentários
Perez e Hartley discordam sobre erro na volta de alinhamento
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
12 de abr de 2018 14:59

Pilotos se acusam de terem tido condutas erradas durante o início do GP do Bahrein do último final de semana

Sergio Perez, Force India
Brendon Hartley, Toro Rosso
Brendon Hartley, Toro Rosso STR13 Honda, heads to the grid
Brendon Hartley, Toro Rosso, on the grid
Sergio Perez, Force India VJM11 Mercedes, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Brendon Hartley, Toro Rosso STR13 Honda, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18, and Marcus
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13 on the grid
Sergio Perez, Force India VJM11
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13 in the pits
Sergio Perez, Force India VJM11
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13 in the pits

Brendon Hartley e Sergio Perez apresentaram pontos de vista diferentes sobre a confusão na volta de apresentação do GP do Bahrein, que levou ambos os pilotos a pagar penalidades pós-corrida.

Perez, que começaria a corrida atrás de Hartley, ultrapassou o neozelandês no início da volta de formação, e o piloto da Toro Rosso só recuperou a posição quando os dois carros já haviam retornado ao grid.

Isso violou as regras, e uma investigação pós-corrida resultou em penalidades de 30 segundos para os dois pilotos, além de dois pontos de penalidade na licença de Hartley.

Falando na China, Perez não acreditou no motivo pelo qual foi penalizado.

"Depois que a volta de apresentação começou, eu o ultrapassei, mas ele não reassumiu a sua posição, já que ele não percebeu que eu o ultrapassei", disse Perez.

"Ele devia ter achado que eu ia largar na frente dele, então ele não retomou sua posição. Estou muito surpreso com o fato de ter tomado uma punição. Já fui ultrapassado muitas vezes, passei muitas vezes, mas sempre o cara atrás retoma sua posição. Mas Hartley não fez isso, e ambos recebemos uma penalidade.”

"Eu não sei, eu tenho que falar com Charlie (Whiting, diretor de provas) sobre isso. Fiquei bastante surpreso com isso, você pode ver no meu vídeo que eu realmente diminuí o ritmo algumas vezes para fazer ele passar, mas eu pensei que ele tivesse um problema.”

"O que eu não entendo é porque eu recebi a penalidade."

Hartley admitiu que a ultrapassagem de Perez o pegou de surpresa, mas insistiu que o mexicano não fez nenhum esforço especial para deixá-lo passar de volta.

"Ele me ultrapassou com tanta convicção. Foi um pouco surpreendente. Mas depois eu tinha outras coisas para focar", disse Hartley.

"Para ser sincero, em uma volta de apresentação temos alguns trabalhos que temos que fazer, em termos de temperatura, em termos de sincronização de marchas, mudanças. Temos muitos processos e procedimentos.”

"Perez não estava agindo assim, tentando me deixar passar, e essa é a verdade disso. Eu fui honesto com os comissários também. Eu acho que Perez também não percebeu que ele estava fora de posição. Se ele lhe disser outra coisa ou não, eu não sei.”

"Eu não sei por que ele passou por mim, ele quase ultrapassou o (Carlos) Sainz ou o (Nico) Hulkenberg. Ele quase os ultrapassou antes da curva 1 também."

A original decisão dos comissários do Bahrein ficou do lado da interpretação de Hartley, dizendo que Perez "não fez nenhum esforço notável para permitir que Hartley recuperasse sua posição."

As penalidades não tiveram impacto na distribuição de pontos do GP do Bahrein, com Perez e Hartley - que também colidiram na corrida - rebaixados de 12º e 13º para 16º e 17º, respectivamente.

Hartley, recentemente vindo do Mundial de Endurance, acrescentou que os limites da F1 na comunicação de rádio nas voltas de formação são algo que ele "não está acostumado".

"Eu acho que no passado me falariam no rádio: 'ok, você precisa recuperar a posição'. Mas nós estamos completamente cegos na volta de formação, então é basicamente isso."

Ele acrescentou: "De qualquer forma, é um erro que nós dois provavelmente não cometeremos novamente."

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Grosjean: Ressurgimento da Honda é “incrível” para F1

Previous article

Grosjean: Ressurgimento da Honda é “incrível” para F1

Next article

Gasly: piada sobre Alonso foi para “dar crédito à Honda”

Gasly: piada sobre Alonso foi para “dar crédito à Honda”

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Brendon Hartley , Sergio Perez
Equipes Force India , Toro Rosso
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias