Pérez e o botão que faz chover. Sauber prega peça e Checo cai. Veja o vídeo

Equipe se vingou de brincadeira feita pelo mexicano no GP do Japão do ano passado, revelando clima descontraído na Sauber

Pérez guiando na chuva

Fã declarado do compatriota Roberto Bolaños, o Chaves, o mexicano Sergio Pérez resolveu pregar uma peça em sua equipe no Grande Prêmio do Japão de 2011. Ele estava em oitavo lugar, conseguindo pontos importantes após largar em 17º, quando alertou pelo rádio: “estou sem combustível, estou sem combustível”, causando apreensão em todo o time. Era apenas uma brincadeira, mas Pérez não contava com a astúcia do time suíço.

Meses depois, nos testes em Barcelona, veio a vingança, relatada pelo próprio piloto ao TotalRace. “Estávamos em Barcelona, durante os testes e era bem cedo, mais ou menos umas sete da manhã. Eu havia chegado ao autódromo às 6h e estava totalmente sonado quando me chamaram. Disseram que eu teria que testar um novo botão no volante. Entrei no carro, meio que dormindo ainda, e o engenheiro me disse o novo botão ajudava a entender o clima e mandou eu apertar. Apertei e acabei todo molhado”, recorda o piloto, que deixa claro que a brincadeira deve ter volta.

“Isso não foi coisa da Monisha. Foi invenção do meu engenheiro (Marco Schüpbach) e é quem vai ter que pagar”, brinca Checo.

Veja abaixo o vídeo da brincadeira:
 

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias