Pérez e Ocon não terão mais liberdade em disputas, diz time

Force India admite que, após novas colisões em Spa, irá interferir diretamente nas brigas por posição

Sergio Pérez e Esteban Ocon não terão mais permissão para disputar posições entre si após a Force India ver novamente seus dois pilotos colidirem no GP da Bélgica. Quem garante é o chefe de operações do time, Otmar Szafnauer.

Pérez e Ocon se estranharam no começo da prova, com um toque que não provocou danos a nenhum carro. Porém, mais tarde, o mexicano espremeu o parceiro no muro de entrada à Eau Rouge, o que quebrou o bico de Ocon e provocou um furo no pneu de Pérez.

O incidente ocorreu após o episódio de Baku, em junho, quando os dois carros ficaram danificados.          

Na ocasião, a Force India repreendeu os dois pilotos, mas afirmou que não iria interferir na disputa. Porém, após o episódio de Spa, Szafnauer afirmou que a abordagem, agora, será outra.

“Eu só vi o que vocês viram, mas pareceu que Sergio espremeu Esteban no muro e levou a pior nessa confusão. No futuro, eles nunca mais terão a oportunidade de correr um contra o outro. Deixamos eles correrem até agora. Se eles não conseguem fazer isso de uma maneira que seja boa para a equipe, eles não irão mais correr”, disse, em entrevista à Sky Sports.

“Eles não deveriam estar batendo. Dissemos que, se o episódio como o de Baku se repetisse, ditaríamos a corrida do pitwall no futuro. Isso definitivamente nos custa pontos”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Sergio Perez , Esteban Ocon
Equipes Force India
Tipo de artigo Relato da corrida