Pérez não esperava estar tão na frente no Brasil

Piloto mexicano disse que o sexto lugar foi inesperado, mas é um reflexo dos avanços alcançados pela Force India nas últimas corridas

Sergio Pérez mostrou um grande sorriso quando chegou à área de imprensa do circuito de Interlagos; a situação não era para menos porque neste domingo largará da quinta posição no Brasil e depois de uma corrida ruim ele voltou a ficar na frente do companheiro de equipe Esteban Ocon.

O integrante da Force India foi originalmente colocado na sexta posição no grid, mas a penalidade a Daniel Ricciardo abriu as portas para subir uma posição.

"Teriam sido qualificações complicadas. Tivemos uma reunião muito longa após o que aconteceu no México e acho que entendemos o equilíbrio, acho que finalmente entendemos o que temos que fazer com o carro e desta vez podemos ver a diferença", disse Pérez aos microfones do canal F1 América Latina.

"Hoje fiquei muito feliz com o carro que tive, porque tivemos um bom ritmo para obter o resultado. Eu não esperava estar tão na frente, mas minha volta no Q3 foi muito boa".

Pérez disse que não melhorou em sua última volta porque "na última curva eu encontrei um pouco de água", uma situação que o impediu de ganhar alguns décimos.

Sobre a corrida de domingo, ele ressaltou que a possibilidade de chuva abre uma janela para eles. "Estou feliz por ter uma boa qualificação, sem problemas e que pudemos demonstrar o excelente ritmo que temos".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Sub-evento Sábado - Classificação
Pista Interlagos
Pilotos Sergio Perez
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias