Pérez: Problemas financeiros atrasam Force India

compartilhar
comentários
Pérez: Problemas financeiros atrasam Force India
Federico Faturos
Por: Federico Faturos
Traduzido por: Daniel Betting
22 de jun de 2018 12:51

Sergio Perez admitiu que Force India tinha atualizações prontas para serem introduzidas, mas que foram interrompidas devido a problemas financeiros na equipe

Sergio Perez, Force India VJM11
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 and Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11

A Force India está enfrentando sua mais difícil temporada dos últimos anos na Fórmula 1, ocupando a sexta posição no campeonato de construtores com 28 pontos, 15 dos quais vieram graças ao pódio obtido por Sergio Pérez no Azerbaijão aproveitando situações ocorridas na corrida.

A equipe baseada em Silverstone não conseguiu liderar o grupo do meio do grid como fez nas duas últimas temporadas e a situação parece não estar melhorando.

Questionado em Paul Ricard, palco do GP da França do próximo fim de semana, se ele estava satisfeito com o desenvolvimento do VJM10 da Force India até agora, Pérez disse que "esperávamos mais para ser sincero."

O piloto mexicano falou sobre a situação de sua equipe e comentou que a falta de atualizações no carro se deve a problemas financeiros.

Leia também:

"Tivemos as atualizações, mas houve alguns problemas financeiros que as impediram e dado o quão disputado está tudo no meio do grid, é importante tentar o máximo que puder", explicou.

"Checo" disse que espera que as coisas mudem no curto prazo, mas deixou claro que é baseado apenas em um desejo.

"Não há garantia de que as coisas vão virar e de repente nos encontraremos em uma posição melhor. Só espero que as coisas sejam resolvidas rapidamente dentro da equipe e que possamos ter melhorias em breve."

Até agora, houve muitos rumores sobre uma possível venda da Force India, sobre a qual Pérez disse que não sabia de nada, embora reconhecesse que está atento ao que pode acontecer a esse respeito.

"Você tenta manter um olho aberto. É sempre importante saber que direção está tomando a equipe. Eu acredito muito nesta equipe, estou aqui há cinco anos e sempre acreditei que havia coisas melhores por vir. Mas agora o futuro é provavelmente um pouco incerto. Embora possa ser muito promissor", concluiu.

Informações adicionais de Edd Straw

Next article
Hamilton lidera 1-2 da Mercedes no 1º treino livre na França

Previous article

Hamilton lidera 1-2 da Mercedes no 1º treino livre na França

Next article

Hamilton lidera com folga segundo treino do GP da França

Hamilton lidera com folga segundo treino do GP da França
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Federico Faturos