Perez relaciona segundo setor de Hungaroring a Monte Carlo

"É uma pista difícil para passar, especialmente no segundo setor. É praticamente impossível, parece Mônaco", comenta o mexicano

Sergio Perez em ação

Para Sergio Perez, o circuito de Hungaroring se assemelha, em parte, bastante à pista urbana de Mônaco.

O competidor mexicano, que vem de um bom sexto lugar no GP da Alemanha, destaca que, talvez, o único ponto decente de ultrapassagem na pista húngara é na única reta.
 
"É uma pista difícil para passar, especialmente no segundo setor. É praticamente impossível, parece Mônaco. A única oportunidade real é na reta principal", comenta Perez, que fez uma rápida análise dos pneus para o fim de semana, afirmando que a Pirelli foi mais "conservadora".
 
"Agora teremos pneus médios e macios; no ano passado, tivemos supermacios e macios. A Pirelli está mais conservadora, mas isso me parece bom", destaca o piloto da Sauber, que vê no clima um ponto interessante para o GP. 
 
"O clima está instável e não sabemos o que esperar do final de semana. Estamos esperando um pouco de chuva, o que deve configurar em um final de semana interessante", completa. No campeonato, Perez é o nono colocado, com 47 pontos.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias