Perez se empolga com sétimo posto, e Button lamenta nono

Dupla da McLaren se deu bem com a pista mais fria na classificação, mas inglês teve problema com carro no final

 

Um McLaren em sétimo, outro em nono e um caminhão de emoções diferentes entre os dois. Enquanto Sergio Perez vibrava com o resultado, Jenson Button não escondia que esperava mais de uma classificação disputada sob condições que favoreceram os carros da equipe, com a temperatura mais baixa.

“Foi uma grande volta”, celebrou Perez, ouvido pelo TotalRace. “É ruim quando se dá uma volta perfeita em Mônaco, sob condições tão difíceis, e só fica em sétimo, mas a equipe está fazendo um grande trabalho e estamos melhorando. Estávamos muito competitivos com os intermediários e foi, mais uma vez, um grande trabalho da equipe, maximizando nossas chances para estar onde estamos”, destacou.

Para a corrida, Perez espera, ao menos, segurar o sétimo lugar. “Aqui, normalmente você fica onde se classifica, então será muito importante ganhar alguns lugares ou, pelo menos, manter a posição para amanhã.”

Nem o fato dos dois McLaren terem ido ao Q3 animou Jenson Button, que esperava mais da classificação depois de ir bem enquanto a pista estava molhada, nas duas primeiras partes do treino. No final, o inglês teve uma perda de potência e terminou em nono.

“As condições foram perfeitas para nós. Fiquei no top 5 por boa parte da sessão – basicamente, toda vez que cruzava a linha de chegada, fazia o primeiro ou o segundo tempo. No final, quando coloquei o último jogo de pneus, tivemos algum tipo de problema – não sei se foi motor ou combustível – e não consegui melhorar o tempo. É ruim quando você acha que pode fazer algo melhor e acontece algo assim. A fase não está fácil. Será uma corrida chata amanhã.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Jenson Button , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias