Piloto inglês da GP3 escalará o Kilimanjaro por caridade

compartilhar
comentários
Piloto inglês da GP3 escalará o Kilimanjaro por caridade
Por: Julianne Cerasoli
4 de jan de 2012 10:16

Alexander Sims vai encarar o desafio pela fundação que leva o nome do ex-companheiro, Henry Surtees

Sims com o pai de Henry, o campeão da F-1 John Surtees

O piloto da GP3 Alexander Sims vai encarar um desafio diferente neste período de férias: vai escalar o Monte Kilimanjaro, no norte da Tanzânia, como forma de arrecadar donativos para a Fundação Henry Surtees.

Henry, filho do campeão da F-1 pela Ferrari John Surtees, foi morto em 2009 em um acidente na F-2 aos 18 anos. Sims foi companheiro de equipe do britânico.

“Decidi levantar dinheiro para a fundação porque, tendo sido companheiro de Henry na F-Renault, ele está no meu coração. A fundação ajuda pessoas afetadas por lesões celebrais a tocarem suas vidas.”

A escalada será patrocinada pela Virgin Money Giving e deve durar nove dias. O Monte Kilimanjaro tem mais de 5.800 metros de altitude. Todas as doações, que podem ser feitas por meio deste link, serão convertidas à caridade. A viagem e os equipamentos necessários serão pagos pelo próprio piloto.

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel credita sucesso de 2011 à maior atenção aos detalhes

Previous article

Vettel credita sucesso de 2011 à maior atenção aos detalhes

Next article

Karthikeyan não desiste de obter vaga no grid em 2012

Karthikeyan não desiste de obter vaga no grid em 2012
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias