Pilotos acordam cedo para passar por exame antidoping

A terça-feira começou movimentada pelo menos para Alonso, Ricciardo e Perez, que receberam a visita de agentes da WADA

Alonso já postou uma foto sua fazendo o antidoping durante um GP

A terça-feira começou de maneira incomum para pelo menos três pilotos do grid. Por meio de seus microblogs no twitter, Fernando Alonso, Sergio Perez e Daniel Ricciardo revelaram terem sido acordados pelos agentes da WADA, a agência mundial de controle antidoping.

Alonso limitou-se a twittar que havia recebido a visita dos agentes às 6h42 da manhã, mesma reclamação de Perez, que escreveu que havia sido “acordado muito cedo” para o teste.

Ricciardo, por sua vez, revelou sentir-se incomodado com a presença dos ‘intrusos’ em seu banheiro. “Fiz o controle antidoping bem cedo hoje de manhã. De repente, fazer xixi em sua casa se torna difícil com alguém olhando por cima de seu ombro.”

O procedimento é normal, como revelou Felipe Massa em entrevista ao TotalRace. “A gente tem de passar para a WADA o horário em que estaremos em determinado lugar diariamente. Eu sempre passo de manhã, porque é certeza que estarei em casa, das 6 às 7h da manhã. Você sabe que, naquele horário, tudo pode acontecer. Eles podem não aparecer o ano inteiro, mas podem vir três dias seguidos”, explica Massa. A agência pode aparecer inclusive nas férias. “Acho exagerado”, diz o piloto da Ferrari.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa , Sergio Perez , Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias