Pilotos da McLaren são punidos por ignorar bandeiras azuis

compartilhar
comentários
Pilotos da McLaren são punidos por ignorar bandeiras azuis
Por: Matt Beer
11 de nov de 2018 21:50

Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, da McLaren, receberam punições por ignorar as bandeiras azuis quando levavam uma volta no GP do Brasil de F1.

A dupla recebeu 5s em seu tempo de corrida e dois pontos na carteira, o que jogou o espanhol para 17º e o belga para 15º.

Os pontos na carteira também parecem irrelevantes, já que nenhum deles estará na F1 em 2019.

Apesar de todos os contratempos, Vandoorne considerou positiva sua participação. “Talvez ninguém tenha notado novamente, mas acho que foi uma ótima corrida”, disse Vandoorne.

“Fizemos um bom trabalho no primeiro trecho, fizemos os pneus durarem um pouco mais que os outros, saímos com pneus novos e tive uma boa luta com Fernando. Dali em diante, fizemos uma boa corrida.”

“Também conseguimos passar a Williams.”

“Na tabela de classificação pode não parecer que foi uma ótima corrida, mas sinto que hoje eu maximizei tudo, então estou feliz.”

Já Alonso não teve êxito com sua estratégia em fazer um pitstop cedo, e, mesmo que ele tenha conseguido passar ambas as Williams, ele perdeu a posição para Sergey Sirotkin devido à sua punição.

“Hoje foi duro. Arriscamos na estratégia um pouco ao parar muito cedo. Não deu certo”, disse.

“Com os pneus médios, tivemos bolhas e não fomos competitivos na segunda metade da corrida. O pitstop não foi limpo e suave, então perdemos tempo ali.”

“No geral, fomos lentos durante todo o fim de semana. Não tínhamos ritmo para estar no top 10, então, independentemente da estratégia, acho que os pontos eram inalcançáveis.”

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Next article
FIA pune Verstappen por desentendimento com Ocon

Previous article

FIA pune Verstappen por desentendimento com Ocon

Next article

VÍDEO: Em conversa com Verstappen, Hamilton defende Ocon

VÍDEO: Em conversa com Verstappen, Hamilton defende Ocon
Load comments