Pilotos da Red Bull ainda colocam Mercedes como favorita

Daniel Ricciardo e Max Verstappen saem satisfeitos com atualização do motor Renault, mas ainda colocam Mercedes como favorita à pole

O companheiro de Daniel Ricciardo na Red Bull, Max Verstappen, liderou as duas sessões de sexta-feira, enquanto as Mercedes de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas ficaram apenas em quarto e sexto lugares, respectivamente.

Mas enquanto Hamilton estava a 0s579 do ritmo final, nem ele nem seu companheiro de equipe usaram os pneus hipermacios no TL2, já que a equipe selecionou um menor número de jogos para este fim de semana.

Ricciardo admitiu que o ritmo da Mercedes nos pneus mais duros era um sinal sinistro, insinuando que sua equipe poderia se ver envolvida na luta contra a Ferrari pelo segundo lugar.

"Eu diria que o ritmo da Mercedes foi muito rápido hoje", disse Ricciardo. “Mesmo com pneus mais duros, eles ainda estavam tendo ótimos momentos.”

“Eu acho que eles serão difíceis de bater neste estágio, mas acho que ainda podemos melhorar muito o carro, fazer mais voltas, aprender um pouco mais e acho que ficaremos bem.”

"Eu acho que a luta será com a Ferrari, muito cedo para realmente saber, mas tenho certeza que a Mercedes será muito rápida amanhã à tarde."

A participação de Ricciardo foi interrompida por problemas que o mantiveram nos boxes. O australiano acredita que eram problemas elétricos causados pela 'configuração' em andamento do novo motor que a Renault introduziu no Canadá.

“Tivemos o que parecia ser um problema elétrico. Nós tivemos alguns problemas nesta manhã, eles tentaram consertar durante o almoço, mas não melhorou, então sim, tivemos que tentar consertar isso”, explicou ele.

“Nós temos o motor B-spec neste fim de semana, a atualização, e acho que era apenas as configurações algumas coisas sobre isso, não estamos necessariamente alinhados, então tivemos que passar por um pouco de tentativa e erro.”

"Foi um pouco frustrante por não dar muitas voltas, mas o problema não parece dramático."

Em meio a seu dia conturbado, Ricciardo se encorajou com o ritmo do carro do outro lado da garagem, enquanto o próprio Verstappen disse: “Foi um bom começo para o fim de semana, o carro fez tudo o que deveria, o setup estava certo."

O holandês destacou, no entanto, que "não fazia ideia até agora" da magnitude dos ganhos de desempenho da nova especificação da Renault.

“Ainda é difícil dizer”, alegou. “Porque você ainda não está no máximo do motor. Acho que posso te contar amanhã.”

Perguntado se a varrida de sexta-feira significava que a pole position poderia estar perto, ele disse: “Em termos de pole position, acho que a Mercedes voltará a ser muito forte.”

"Nosso carro funciona bem, mas se isso será suficiente no Q3, eu não sei."

Relatos adicionais por Adam Cooper e Charles Bradley

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Daniel Ricciardo , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias