Pilotos da Red Bull têm punições confirmadas no GP da Itália

Ricciardo e Verstappen, além de Sainz, perderão posições no grid de largada para a prova de Monza deste fim de semana

Agora está confirmado: os pilotos da Red Bull, Daniel Ricciardo e Max Verstappen, além de Carlos Sainz, da Toro Rosso, sofrerão punições no grid de largada para o GP da Itália.

Verstappen e Ricciardo devem receber 15 e 20 posições no grid, respectivamente, já que a Renault colocará em ação novos elementos do motor como preparação para o GP de Cingapura, onde uma punição custaria mais caro devido à dificuldade para ultrapassar.

Sainz, por sua vez, perderá dez posições.

Ricciardo usou seu quinto V6, quinto turbo e sexto MGU-H. Já Verstappen usa seu quinto V6 e quinto MGU-H. Como será a primeira vez que o holandês extrapolará os quatro exemplos de cada peça, ele receberá 15 posições.

Verstappen também contará com um quarto turbo, o que não influenciará na sua punição.

Além deles, há uma outra punição que já estava confirmada: Fernando Alonso, da McLaren, perderá 35 posições no grid. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pista Monza
Pilotos Carlos Sainz , Daniel Ricciardo , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing , Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias