Pilotos das nanicas estranham dificuldade em melhorar marcas

Maioria dos tempos que definiu as posições no pelotão de trás foi decidida logo na primeira saída à pista

Muitos pilotos das equipes nanicas reclamaram por não conseguirem melhor seus tempos em sua segunda tentativa, prova de que o circuito de Monza pune os mínimos erros. No entanto, todos esperam galgar posições na corrida deste domingo.

Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 14º: “Foi uma classificação mais ou menos, você sempre acha que poderia ter ido melhor. Não penso que daria para chegar no Q3, e nem juntando meus três melhores setores ultrapassaria o Senna. Com o acerto que escolhi, devemos estar fortes para a corrida.”

Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 16º: “Honestamente, não me senti confortável no carro por todo o final de semana e não encontrei o melhor acerto. A classificação acabou sendo minha melhor sessão até agora, mas só posso culpar a mim por um erro em minha volta que me custou dois décimos, pois troquei de marcha em cima de uma ondulação.”

Heikki Kovalainen, Caterham, 17º: “O carro tinha um bom equilíbrio e mesmo que estivéssemos na frente de um dos carros da Lotus após a primeira tentativa, sabíamos que seria difícil passar ao Q2. A performance é muito melhor que em Spa e voltamos ao nível que esperamos.”

Vitaly Petrov, Caterham, 18º: “Fiquei feliz com o carro hoje e é bom que tenhamos feito melhorias claras do primeiro para o terceiro treino livre. Na classificação, não consegui forçar tanto quanto gostaria porque os freios não estavam tão bons. Mas amanhã será um outro dia.”

Timo Glock, Marussia, 19º: “Consegui um vácuo na primeira saída porque nosso pacote aerodinâmico é muito eficiente. Ficamos muito próximos de Petrov, então podemos ficar otimistas, mas precisamos analisar por que não conseguimos melhorar o tempo com o segundo jogo de pneus.”

Charles Pic, Marussia, 20º: “Acho que foi uma boa classificação. Peguei um pouco de tráfego na primeira saída, mas melhorei na segunda. Estamos mais próximos dos outros carros, então demos outro passo.”

Narain Karthikeyan, HRT, 21º: “Tivemos boas sensações desde ontem e o carro andou ainda melhor hoje com as mudanças que fizemos no acerto. Precisamos continuar assim para tentar bater nossos principais rivais na corrida.”

Pedro de la Rosa, HRT, 23º: “Nossa classificação foi mais ou menos, mas o melhor é que o carro esteve melhor do que no treino livre da manhã. Não consegui acertar todos os setores, mas as corridas são assim. Preciso adotar a melhor estratégia para ganhar posições na corrida de amanhã.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Pedro de la Rosa , Narain Karthikeyan , Heikki Kovalainen , Timo Glock , Vitaly Petrov , Daniel Ricciardo , Charles Pic
Tipo de artigo Últimas notícias