Pilotos estão desapontados com a lentidão dos atuais carros, opina Coulthard

Ex-piloto diz que a tecnologia cada dia mais avançada, os carros de Fórmula 1 são mais lentos que antigamente

Os pilotos de Fórmula 1 estão cada vez mais desiludidos com a atual Fórmula, é o que pensa o ex-piloto e atual comentarista David Coulthard. Segundo o escocês, os carros atuais são mais lentos que os de cinco, dez anos atrás, o que seria um retrocesso.

A pole position conquistada pelo Nico Rosberg em Barcelona, foi cerca de cinco segundos mais lenta que o recorde de pole da pista, conquistada por Mark Webber, em 2010. E a melhor volta da corrida, foi quase sete segundos mais lenta que a conquistada por Kimi Raikkonen, em 2008.

Segundo Coulthard, com a atual tecnologia que a categoria tem hoje, os carros deveriam ser muito mais rápidos que eram, mas acontece o contrário: “A tecnologia avança. Estamos acostumados com celulares ficando mais leves, fazendo mais coisas, ter uma melhor vida útil da bateria, mais capacidade. O recorde mundial de 100 metros fica cada vez menor. O homem vai mais longe e mais para o espaço. No entanto, na F1 os carros são vários segundos mais lentos do que era há 10 anos”, comenta.

Apesar de ninguém dizer publicamente, Coulthard sabe que os pilotos não estão felizes com a situação: “eu sei que os pilotos atuais estão um pouco desiludidos com a F1 atual, porque os carros são tão lentos em comparação com anos anteriores, que os pilotos estão tão longe dentro de seus níveis de habilidade durante as corridas”, opina.

Um dos motivos da categoria estar mais lenta é por causa dos atuais compostos, segundo o próprio escocês avaliou: “sem exceção, ninguém na F1 gosta da construção dos pneus atuais, e as pessoas estão muito negativas sobre os resultados da Pirelli”, aponta, a Pirelli poderia construir pneus muito mais “picantes”, finalizou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos David Coulthard
Tipo de artigo Últimas notícias