Pilotos mais pesados poderão ser prejudicados pelo Halo

Pilotos mais altos e mais pesados podem estar em desvantagem mais uma vez em 2018, enquanto o Halo aumenta o peso dos carros da Fórmula 1

A FIA aumentou o limite de peso mínimo dos carros de 2018 em 6kg para levar o Halo em conta, tendo já adicionado alguma margem de manobra para 2017 antes que os planos para apresentá-lo fossem adiados.

No entanto, as equipes descobriram que a montagem do Halo e o trabalho necessário para reforçar seu novo chassi para os testes de carga associados ao peso extra, com uma figura de até 14kgs mencionada pela Force India.

Para algumas equipes, isso eliminará qualquer escopo de uso de lastro e significará que qualquer quilo extra carregado pelos próprios pilotos eleva o peso além do mínimo.

Inevitavelmente, isso significará que eles serão encorajados por suas equipes a prestarem ainda mais atenção ao seu peso corporal.

Situações semelhantes ocorreram no passado, levando alguns pilotos a questionar os problemas de saúde associados à tentativa de manter seu peso sob controle, embora tenha sido menos um problema nas últimas temporadas, já que o limite da FIA foi aumentado.

"Estamos cientes disso, há conversas sobre isso", disse Nico Hulkenberg, um dos pilotos mais altos no grid atual.

"É um assunto político e as equipes precisam concordar em mudar o peso, mas algumas equipes não querem”.

"Para mim, como um piloto mais alto e mais pesado, definitivamente vai ser uma penalidade. O time já me disse que pode haver algumas questões excessivas para mim e me perguntou se eu poderia seguir uma dieta. A resposta foi não!"

Romain Grosjean concordou que ele também poderia enfrentar problemas, mas insinuou que poderia haver uma solução no futuro.

"Meu carro já está muito no limite, se não estiver acima do peso este ano", disse o piloto da Haas. "Se o Halo é realmente tão pesado, será um problema”.

"Eu vou ter que perder um osso! Honestamente, estou abaixo do peso, e seria mais pesado se tivesse escolha. Existem propostas no futuro para resolver o problema".

Hulkenberg também sugeriu que ele espera que o Halo seja eventualmente abandonado: "Eu não acho que o Halo vai sobreviver muito na F1, para ser honesto. Eu acho que as pessoas vão perceber que não é necessário".

O diretor técnico da Force India, Andy Green, disse que incorporar o Halo estava provando ser um desafio para sua equipe.

"É um grande desafio. É enorme. É uma grande dor de cabeça no momento, tentando projetar um carro que atinge o limite de peso e o objetivo da distribuição de peso", disse ele.

Ele teme que os testes de carga "quase destruam" o Halo e admite que é uma preocupação para todas as equipes.

"É uma prova de carga, é uma aplicação lenta da carga. Isso vai quase destruir o Halo enquanto estivermos fazendo isso. É uma preocupação? Absolutamente. É uma preocupação para todos os times quando eles o fizerem pela primeira vez. É uma carga enorme. Enorme."

Informação adicional de Lawrence Barretto

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias