Pilotos reclamam de nova regra para relargadas

Fórmula 1 estuda banir relargadas em movimento, mas medida é considerada perigosa por Button

Uma das ideias aprovadas para melhorar o show da Fórmula 1 a partir do ano que vem é a adoção de largadas paradas após períodos de Safety Car. Mas os pilotos não gostaram nada da novidade.

A proposta passou na comissão de F-1 na semana passada e agora será votada pelo Conselho Mundial de Automobilismo. Atualmente, as relargadas são feitas em movimento.

[publicidade]“A largada parada é uma ótima ideia para os fãs. É um grande show porque a largada é uma parte muito emocionante da corrida”, admite Jenson Button. “O problema é que, quando você começa uma corrida, tem pneus novos. Você poderia ter uma situação em que há uma relargada com cinco voltas para o final e seus pneus estão acabados e precisa andar rápido para manter a temperatura deles.”

Para o campeão de 2009, isso tornaria a ideia perigosa. “Seria muito difícil manter todos os carros apontando para o mesmo lado, o carro iria derrapar muito na largada. Poderia ser uma confusão. Seria melhor para a televisão, certamente, mas deveria haver alguma regra em relação aos pneus, como poder trocá-los, sei lá.”

O líder do Campeonato, Nico Rosberg, descreveu as novas regras como “bastante extremas” e também demonstrou preocupação. “Entendo que a largada é um dos momentos mais emocionantes para os fãs, mas espero que isso não vá adiante. Isso é ir longe demais. Eu gosto de corrida de verdade, do jeito que foi nos últimos 50 anos. Não quero ver uma mudança tão drástica, outra largada. É estranho.”

Seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, disse que precisa de tempo para refletir sobre as implicações da mudança, mas pediu que os pilotos sejam ouvidos toda vez que algo do tipo seja discutido.

“Não vai machucar ninguém ter a opinião dos pilotos a respeito de certas coisas. É impossível para os comissários ver como as coisas são no carro, então deveríamos trabalhar juntos. Eles sempre aparecem com ideias legais, mas às vezes elas não funcionam.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias