Pilotos temem dificuldades com DRS na curva 1 de Hockenheim

compartilhar
comentários
Pilotos temem dificuldades com DRS na curva 1 de Hockenheim
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
20 de jul de 2018 11:56

Após experiência difícil em Silverstone, pilotos terão que lidar mais uma vez com zona de DRS na curva 1 no GP da Alemanha

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team, walks the track
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Marcus Ericsson, Sauber, walks the track

Há duas semanas, uma zona de DRS na curva 1 de Silverstone deu dores de cabeça aos pilotos, causando saídas de pista e acidentes. Agora, uma nova zona de DRS na reta principal de Hockenheim criou um cenário similar, com a primeira da curva da pista sendo veloz à direita, ao ponto que os pilotos não precisam frear muito.

Falando sobre o impacto da nova zona DRS, Ricciardo disse: "apenas certifique-se de desligar o DRS, essa é a minha opinião”.

"É muito mais difícil que a curva 1 em Silverstone, aqui é uma curva de verdade. Então, certifique-se de que o botão que desliga funciona. É legal, tudo bem, mas eu não acho que alguém vai tentar mantê-lo aberto por lá, eu não acho que isso vai acontecer."

Grosjean não está muito contente com a situação, temendo que o risco de um piloto não conseguir fechar o DRS na curva 1 não valha o benefício de uma potencial zona de ultrapassagem extra.

"Acho que antes da curva 1 não há necessidade de uma zona de DRS, porque você nunca vai ultrapassar na primeira curva", disse ele. "Entre as curvas 1 e 2, sim, e entre as 2 e 6, sim – mas por que não na saída de 6 antes da 8?”

"Mas antes da curva 1, é o mesmo que Silverstone. Se você não apertar o botão ou fechá-lo tarde demais, já vimos que não dá certo.”

"Eu prefiro ter pneus que não superaquecem quando você segue outro carro. Isso significa que você pode dar o máximo deles. Mas confiar apenas no DRS para passar outro cara..."

Sauber muda

Ericsson revelou que a Sauber modificou a maneira como o DRS opera em função do que aconteceu em Silverstone, depois de o sueco não conseguir apertar o botão de maneira correta, e acabar rodando e batendo.

"Nós não mudamos o botão, mas mudamos o sistema, como ele funciona", disse ele. "Assim que diminuirmos agora, ele será fechado. Antes disso, não acontecia isso. Então, mudamos a funcionalidade”.

"Também para mim como piloto, vou ter um pouco mais de cuidado nessas curvas.”

"Em Silverstone, eu estava tentando desligar o DRS o mais tarde possível, para perder o menor tempo possível. Acho que, olhando o que aconteceu, é melhor deixar um pouco de margem para perder alguns centésimos."

Próxima Fórmula 1 matéria
Ricciardo troca peças do motor e larga do fundo do grid

Previous article

Ricciardo troca peças do motor e larga do fundo do grid

Next article

Verstappen comanda segunda sessão livre do GP da Alemanha

Verstappen comanda segunda sessão livre do GP da Alemanha
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Localização Hockenheimring
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias