Pirelli aproveita pista úmida para testar pneus de chuva em Jerez

Após chuva cair à noite na região do circuito, fornecedora italiana molhou ainda mais a pista pela manhã

Devido à chuva que caiu na noite de terça-feira na região de Jerez de la Fronteira, a Pirelli e FIA resolveu alterar a programação dos treinos nessa primeira semana da pré-temporada. Inicialmente o previsto era que pneus intermediários e de chuva fossem testados na sexta-feira, mas a pista úmida provocou a antecipação desses testes.

Logo pela manhã, um trator rebocando um tanque de água percorreu toda a pista, molhando-a ainda mais. A ideia da Pirelli é que os pneus de chuva sejam usados na primeira parte do dia e os intermediários à tarde. Pelo atual regulamento da F1, é obrigatório que pelo menos um, dos 12 dias da pré-temporada, seja feito com pneus de pista molhada.

Com cerca de três horas de treino em pista molhada, a liderança estava com Jenson Button, da McLaren, com o tempo de 1min36s094, seguido por Bottas (Williams – 1min37s762), Raikkonen (Ferrari – 1min38s272), Pérez (Force India – 1min39s008) e Gutierrez (Sauber – 1min41s798). Os treinos vão até às 14h, pelo horário de Brasília.

Pouco depois, no entanto, a pista começou a secar e os pilotos passaram para os pneus intermediário e na sequência começaram a utilizar os slick. E a McLaren de Button continuou a dar as cartas. Às 11h20, a folha de tempos do dia mostrava:

1 Button, (McLaren) 1m27.556s, 32 voltas
2 Perez, (Force India) 1m28.376s, 27 voltas
3 Rosberg, (Mercedes) 1m29.231s, 24 voltas
4 Bottas, (Williams) 1m37.762s, 17 voltas
5 Raikkonen, (Ferrari) 1m38.272s, 16 voltas
6 Vettel, (Red Bull) 1m38.320s, 8 voltas
7 Gutierrez, (Sauber) 1m41.798s, 33 voltas
8 Ericsson, (Caterham) sem tempo, 1 volta

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias