Pirelli crê que novos pneus ajudem quebra recordes neste ano

Para chefe de fornecedora, F-1 deverá ver tempos baixando durante a temporada como ocorreu em Melbourne

Depois de ver tempos de volta cerca de dois segundos mais rápidos do que em 2014 no GP da Austrália, a Pirelli, fornecedora de pneus da Fórmula 1, espera que isso seja rotineiro durante o ano de 2015. Além de pneus um pouco mais macios na parte traseira, a categoria também conta com a grande evolução dos motores.

[publicidade]“Estes números sublinham o que esperávamos ver depois dos testes de pré-temporada. Teremos uma redução significativa nos tempos de volta com os carros, e eles só vão ficar mais rápidos conforme o ano passa," disse Paul Hembery, chefe de competições da Pirelli.

"Será possível ver alguns recordes de volta em determinados circuitos sendo quebrados.”

"Com isso em mente, nós introduzimos evoluções na estrutura traseira de todos os nossos pneus deste ano a fim de dar a eles uma maior capacidade em lidar com as exigências extremas colocadas sobre eles."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias