Pirelli não espera novas surpresas no pódio em Valência

Diretor esportivo da marca, Paul Hembery, reforça importância da classificação e vê prova com duas ou três paradas

A Pirelli não aposta na repetição, no próximo GP, em Valência, de surpresas como o pódio de Romain Grosjean e Sergio Perez no último GP, no Canadá. De acordo com o diretor esportivo da fornecedora de pneus, Paul Hembery, isso ocorreu devido à grande alteração de temperatura observada durante o final de semana em Montreal, diferentemente do que é esperado para a Espanha.

“O clima deve ser consistentemente quente durante o final de semana, o que deve diminuir as variáveis e as surpresas”, explicou Hembery. “Repetimos a combinação de médios e macios mais do que qualquer outra e ela mostrou ser o equilíbrio perfeito entre durabilidade e performance.”

O profissional destacou a importância da classificação, em um circuito em que reconhecidamente é difícil de se ultrapassar, e acredita que as táticas se dividirão entre dois ou três pit stops – ainda que não descarte a possibilidade de alguém tentar fazer apenas uma parada.

 “Valência não poderia ser um contraste maior em relação aos circuitos de rua em que estivemos recentemente: a pista é mais rápida e as temperaturas, mais altas, colocando muita energia nos pneus. O fator em comum é a dificuldade em se ultrapassar, o que enfatiza a classificação. Então esperamos uma corrida comum, com duas a três paradas – ainda que uma equipe tenha tentado fazer uma parada ano passado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Tipo de artigo Últimas notícias