Pirelli pode usar carro de dez anos para testar pneus de 2017

Sem opção de um dos novos carros híbridos para acumular dados no ano que vem, fábrica deverá recorrer a modelo antigo

O chefe esportivo da Pirelli, Paul Hembery, disse que é possível que a fabricante italiana tenha um carro de cerca de uma década de idade para testar os novos pneus feitos para a temporada de 2017. Nesta temporada, os regulamentos serão drasticamente alterados, fazendo os carros terem 30% a mais de downforce e podendo virar até cinco segundos mais rápido.

"Queremos estar testando em maio. Mas, claro, um carro híbrido vai ser quase impossível", disse Hembery.

"Temos informações de algumas equipes que acreditam que os carros dos últimos anos da Fórmula 1 nos proveriam de boas informações se pudéssemos mudar a geometria da suspensão. Mas, em termos de cargas aerodinâmicas, poderíamos encontrar a soluções. O carro não vai ter mais de dez anos de idade."

Mesmo assim, a Pirelli diz que ainda está à espera de um consenso sobre direção dos regulamentos.

"Há algumas outras discussões que vão em busca de soluções, mas é muito cedo para dar indicações.”

"As equipes parecem ter diferentes pontos de vista. Até que eles definam quais serão os regulamentos, teremos algumas indicações claras sobre grandes discrepâncias entre as equipes, sobre como eles sentiriam o impacto dessas mudanças. Por ora, a solução é impossível de definir."

A Pirelli realizou um teste de pneus de um dia após o GP de Abu Dhabi. A fábrica estreou o pneu ultramacio.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias