Pirelli prevê estratégia de duas paradas em Suzuka

compartilhar
comentários
Pirelli prevê estratégia de duas paradas em Suzuka
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
6 de out de 2017 18:45

Fornecedora de pneus da F1 prevê variedade de estratégias e mais emoção em torno dos pit stops do que a maioria das corridas de 2017

Pirelli engineer and Pirelli tyres
McLaremn mechanic with Pirelli tyres
Mario Isola, Racing Manager, Pirelli Motorsport
Marcus Ericsson, Sauber C36
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Lewis Hamilton, Mercedes-Benz F1 W08
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17 sparks
Lance Stroll, Williams FW40
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13

Embora a chuva no segundo treino livre signifique que há pouca informação sobre a desgaste de pneus, as simulações da Pirelli sugerem que uma única parada seria muito arriscada para os supermacios em que os 10 melhores pilotos provavelmente começarão a corrida.

A preparação das equipes também foi comprometida pela perda do TL2, e ainda há uma ameaça de chuva para o TL3.

Embora soubessem que a chuva estava chegando, fazendo algum trabalho extra na parte da manhã, as equipes se encaminharão para uma classificação e corrida em pista seca, tendo feito muito menos lição de casa do que esperavam, uma situação que poderá fazer o domingo ser menos previsível.

"Não temos números de desgaste, esperaremos o TL3, se estiver seco. Talvez possamos coletar alguns números para ter uma ideia melhor da degradação", disse Mario Isola, chefe de automobilismo da Pirelli.

"Se apenas olharmos para as simulações, sem dados reais de pista, acreditamos que será uma corrida de duas paradas."

"Uma parada significa um stint muito longo, devem focar em um período de supermacios que é pelo menos de 18 a 20 voltas, e o resto em macios."

"Se o quali estiver seco e eles começarem com supermacios usados, significa que você tem um pneu que vai se acabar com 22 voltas. Isso é um pouco demais aqui em Suzuka."

"Vinte voltas para nós é provavelmente o limite em Suzuka e de 30 a 35 é a limitação para os macios. Aqui, a perda de parada pit stop, sem a troca é de cerca de 18 segundos, então eles não perdem muito tempo nos pit stops. É por isso que duas parada seja provável."

Um aspecto intrigante é que os pneus dianteiros macios levam algum tempo para subir de temperatura, o que poderia ser um problema nas voltas das paradas se estiver frio no dia da corrida.

"Nesta manhã foi difícil aquecer o composto macio, as condições foram bastante frias, enquanto com os supermacios não tivemos problemas. Se tivermos no domingo condições secas com uma temperatura como a que tínhamos agora, isso poderá ser um problema quando saírem dos pits."

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel: "Domingo, vamos mostrar do que somos capazes"

Previous article

Vettel: "Domingo, vamos mostrar do que somos capazes"

Next article

Alonso: "Havia pouco a arriscar"

Alonso: "Havia pouco a arriscar"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Localização Suzuka
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias