Pirelli voltará a utilizar pneus protótipos em Silverstone

Paul Hembery, diretor da Pirelli, projeta de três a quatro paradas em piso seco durante GP da Grã-Bretanha

Button utiliza pneu protótipo da Pirelli em Montreal

Sendo originalmente testado no Canadá por um tempo limitado graças às condições climáticas na sexta-feira, os pneus protótipos da Pirelli mais uma vez serão utilizados nos treinos livres durante o GP da Grã-Bretanha neste fim de semana, em Silverstone.

Desta vez, a Pirelli dará a cada carro dois jogos do novo pneu. Graças ao layout, a pista britânica é uma das que mais exige dos pneus durante a temporada. O veloz circuito de Silverstone coloca muita energia nos compostos, o que tem como consequência a alta degradação.

“Silverstone, com sua alta velocidade média e sessão rápida de curvas, é um extremo contra o que tivemos no Canadá há três semanas – que é muito mais 'stop and go'”, disse Paul Hembery, diretor da Pirelli.

“Entretanto, teremos o mesmo pneu protótipo de composto duro que tivemos no início desta temporada. A construção do pneu não vai mudar, mas estamos focando em ter uma durabilidade maior do que nosso atual pneu duro. Isso é para dar às equipes uma chance a mais de testar o pneu em uma pista diferente e coletar mais dados.”

Com o novo composto,  Hembery espera acabar com os problemas que a marca teve no início desta temporada. “Trouxemos os dois pneus mais duros para o GP da Grã-Bretanha por causa das características da pista. Teremos uma nova ligação à correia de aço. Isso foi concebido para eliminar os problemas de delaminação.

Para Hembery, serão feitas de três a quatro paradas em piso seco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Tipo de artigo Últimas notícias