Pista dos EUA terá novas zebras após polêmica de Verstappen

compartilhar
comentários
Pista dos EUA terá novas zebras após polêmica de Verstappen
14 de mar de 2018 14:37

FIA confirma que Circuito das Américas reforçará limites de pista e que outras atitudes serão tomadas para impedir vantagens

Novas zebras serão adicionadas ao Circuito das Américas para a corrida da Fórmula 1 deste ano, para impedir que uma manobra como a de Max Verstappen em Kimi Raikkonen, na última volta da prova no último ano, ocorra mais uma vez.

O diretor de provas da FIA, Charlie Whiting, disse que não haverá "nenhuma mudança de abordagem" em como os limites da pista são policiados na F1, mas revelou que mais alterações estão previstas em pistas onde os cortes foram um problema no passado.

"No Circuito das Américas, por exemplo, não preciso dizer que teremos algumas zebras baixas na área onde Max (Verstappen) foi. E haverá também algumas destas zebras acidentadas na saída da última curva e na saída da primeira curva."

Whiting disse que a FIA está "aprendendo o tempo todo" como alterar os circuitos para evitar abusos nos limites de pista. "Eu acho que estamos muito perto de estarmos em um ponto em que não ficaremos preocupados se um piloto está ganhando tempo".

"Entre 2016 e 2017, você lembra do México em 2016 onde tivemos Lewis (Hamilton) atravessando a primeira curva. Bem, isso não aconteceu por causa das medidas que tínhamos lá", explicou.

"Em todos os lugares que vamos agora, estamos realmente nos aproximando de eliminar tudo."

A FIA também está considerando como responder ao corte de curva de Nico Hulkenberg no início do GP de Abu Dhabi. Hulkenberg passou Sergio Perez, deixando o circuito, e, apesar de ter recebido uma punição pela manobra, o alemão continuou à frente do mexicano.

"Tivemos algumas questões, claro, em Abu Dhabi, onde Nico Hulkenberg saiu e ficou claro que ele ganhou uma vantagem", disse Whiting.

"Na verdade, ele ficou na frente mesmo depois de uma penalidade de cinco segundos. Essa é outra coisa que precisamos abordar."

Próxima Fórmula 1 matéria
Diretor de segurança deixa a FIA para se juntar à Ferrari

Previous article

Diretor de segurança deixa a FIA para se juntar à Ferrari

Next article

Ferrari deveria perder o direito a veto na F1, diz Todt

Ferrari deveria perder o direito a veto na F1, diz Todt

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias