Aston Martin se anima com planos de motores da F1 para 2021

compartilhar
comentários
Aston Martin se anima com planos de motores da F1 para 2021
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
1 de nov de 2017 13:17

Fabricante britânica avalia ingresso na categoria como fornecedora de motores

As equipes da F1 reuniram-se nesta terça-feira (31) com a FIA, o titular dos direitos comerciais da categoria e potenciais novos fabricantes, incluindo a Aston Martin, em Paris, para delinear os objetivos das novas regras do motor a serem introduzidas para 2021.

Aston recrutou pessoal com experiência em F1, incluindo pessoal da Ferrari, pois avalia o ingresso no campeonato como fornecedor de motores.

"Aston Martin participou da recente reunião da FIA e esteve profundamente envolvido através de suas propostas para potenciais soluções", disse Andy Palmer, CEO da Aston Martin, em comunicado enviado ao Motorsport.com.

"Estamos encorajados pelas direções que estão sendo tomadas e continuamos a estudar uma potencial solução da Aston Martin para 2021”.

"A chave será como os custos de desenvolvimento são controlados para tornar a participação de fornecedores de motores independentes uma possibilidade viável".

O trabalho sobre os detalhes das novas regras continuará por mais 12 meses, com o quadro geral para a especificação de 2021 que deverá estar em vigor até o final deste ano.

A proposta apresentada pela F1 e a FIA inclui manter o atual motor híbrido V6 turbo de 1,6 litro, mas rodando a 3000 rpm "para melhorar o som".

Aston desempenhou um papel ativo nas discussões do motor, enviando um documento para a FIA descrevendo sua visão de como a nova fórmula do motor poderia se modelar no início deste ano.

O fabricante de automóveis britânico tem experiência em trabalhar com outras marcas interessadas em construir um motor independente, tendo trabalhado com Cosworth e Ricardo no hipercarro da Valkyrie.

Também assumiu como consultor o chefe de motores da Ferrari, Luca Marmorini.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, declarou que sua equipe ficaria "absolutamente aberta" para usar um motor Aston Martin F1 no futuro.

Próxima Fórmula 1 matéria
Vitória de Verstappen anima Alonso com motor Renault

Previous article

Vitória de Verstappen anima Alonso com motor Renault

Next article

Haas reclama com FIA após incidente de Grosjean e Alonso

Haas reclama com FIA após incidente de Grosjean e Alonso
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias