Pódio emociona Monisha, mas não influencia na renovação

Terceira colocação de Kamui Kobayashi no Japão não é sinal de que japonês estará na equipe em 2013: "Sabemos de suas forças"

Kobayashi não tem contrato para o próximo ano

A emoção de Monisha Kaltenborn ao falar com o TotalRace em Suzuka após o pódio de Kamui Kobayashi era visível. Mas, para ela, o terceiro lugar conquistado pelo japonês não irá influenciar em nada a decisão de escolha de seus pilotos para a próxima temporada.

Com a saída de Sergio Perez para a McLaren e o fim do contrato de Kobayashi em 2012, a Sauber ainda não tem nenhum piloto definido, mas espera fazer isso durante a atual temporada. "O clima era inacreditável. A torcida festejou como se ele tivesse ganho a corrida. Não existem muitos momentos em que eu fico atônita, mas este foi um deles. Foi difícil segurar a emoção", disse Monisha. "Não falo nada de japonês, mas aprendi uma ou outra coisa: para falar para ele num momento difícil e num momento positivo. Aqui finalmente pude utilizar este. 'Yoku Yatta', que significa 'ótima performance'", completou Monisha, CEO da equipe .

A mesma fez questão de ressaltar que o resultado de Kamui não irá influenciar a decisão do time. "Para nós isso não muda muito", garantiu. "Se ele não tivesse tido um bom resultado, não poderíamos dizer que ele não estaria aqui no próximo ano. Estamos em processo de fazer nossa escolha, e nós o conhecemos muito bem, sabemos de suas forças, por isso não precisamos de resultados como esse para escolher", completou a indiana.

À agência de notícias Reuters, Monisha ainda confirmou: "A escolha sairá ainda durante a temporada".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias