Pontos dobrados, números fixos. Conheça as novidades do regulamento

compartilhar
comentários
Pontos dobrados, números fixos. Conheça as novidades do regulamento
Por: Julianne Cerasoli
13 de dez de 2013 09:39

Felipe Massa, por exemplo, já avisou que quer o número 19 a partir do ano que vem; confira a lista das mudanças

A Federação Internacional de Automobilismo publicou nesta quinta-feira a versão final do regulamento para 2014 e revelou algumas mudanças em relação à versão anterior. Confira quais são as novidades para a próxima temporada no regulamento esportivo. Para saber mais sobre as alterações técnicas, acesse .

Dobro de pontos na última etapa: a pontuação permanece a mesma desde ano, mas o GP de Abu Dhabi dará o dobro de pontos. O título só chegará ao GP final decidido, portanto, se o líder tiver uma diferença de 50 pontos.

Numeração dos pilotos: a F-1 vai adotar o sistema de numeração fixa. “O número precisa ser claramente visível na frente do carro e no capacete do piloto. Antes do início da temporada 2014, os pilotos deverão escolher os números que serão usados pelo resto de suas carreiras. A única exceção é o campeão, que poderá optar por usar o número 1.” No caso de dois pilotos escolherem o mesmo número, aquele que terminou o campeonato de 2013 à frente terá a preferência. Felipe Massa, por exemplo, já avisou que quer o 19.

Troféu para o pole position: o dono do maior número de poles durante a temporada receberá um troféu ao final do ano. Em caso de empate, será computado o número de segundos lugares. Caso isso já existisse, Sebastian Vettel teria ganho o troféu e quatro das últimas cinco temporadas, e Lewis Hamilton venceria em 2012.

Pontuação de penalidades: o novo sistema de punição será parecido com as carteiras de motorista. O piloto será suspenso por uma corrida se chegar a 12 pontos em 12 meses.

A FIA também apertou o cerco contra as liberações perigosas no pit, quando uma equipe libera o carro quando há trânsito no pitlane. Quando isso acontecer nos treinos, o piloto perde posições na corrida. Se ocorrer durante a prova, paga a punição na corrida seguinte.

Essas penas pós-prova também passam a valer para infrações cometidas dentro das três voltas finais. Antes, isso ocorria nas últimas cinco voltas.

Mais pneus para o primeiro treino livre: um jogo de pneus foi adicionado para ser usado na primeira sessão, normalmente pouco movimentada. A FIA também permitiu que até quatro pilotos participem desta sessão (atualmente, são dois), permitindo que pilotos de testes andem por parte do treino.

Próxima Fórmula 1 matéria
Pelo Twitter, Paul di Resta agradece Force India: “Foi um prazer”

Previous article

Pelo Twitter, Paul di Resta agradece Force India: “Foi um prazer”

Next article

"Vettel vai ser campeão ano que vem", aposta Mark Webber

"Vettel vai ser campeão ano que vem", aposta Mark Webber
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias