Pontos para classificação ganham o apoio de engenheiros

Adrian Newey lembra dos tempos de Fórmula Indy e acredita que mudança na pontuação poderia ser positiva para a F-1

 

Uma das ideias que vem sendo discutida para aumentar o valor da classificação é dar pontos ao pole position, algo que ganhou o apoio de engenheiros e Red Bull e Ferrari. O diretor técnico da Red Bull, Adrian Newey, lembrou que o sistema funcionava bem na época em que estava na Indy, nos anos 1980.

 “Certamente, quando estive na Indy e esse era o padrão, sempre me pareceu uma boa. É algo que dá mais ênfase na classificação e adiciona algo ao show, pois a classificação é parte do espetáculo da TV. Parecia um bônus e fazia sentido.”

Quem também gostou da ideia foi Nicholas Tombazis, projetista-chefe da Ferrari. Mas com uma ressalva: as equipes teriam de ser avisadas com tempo hábil para adequar seus projetos. Afinal, a equipe italiana, que vem priorizando o ritmo de corrida, conquistou apenas quatro poles de 2008 para cá.

 “Não acho que seria uma má ideia, contando que fique claro desde o início que essa é a regra e que temos de pensar no carro integrando as performances de classificação e de corrida. Não sou contra. Possivelmente, é algo bom.”

A Fórmula 1 nunca adotou pontos ao pole position. Apenas nos anos 1950, os donos das melhores voltas em cada prova pontuavam.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias