Por £ 200 mi, pai de piloto da F2 se torna sócio da McLaren

compartilhar
comentários
Por £ 200 mi, pai de piloto da F2 se torna sócio da McLaren
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
21 de mai de 2018 14:52

Empresa Nidala Limited, através do investidor Michael Latifi (pai do piloto Nicholas Latifi), adquire ações do McLaren Group

Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33

O McLaren Group anunciou que o investidor canadense Michael Latifi se tornou o primeiro acionista da empresa desde a saída de Ron Dennis.

Um investimento de mais de £ 200 milhões (R$ 995 milhões nos valores atuais) será feito pela empresa Nidala Limited, com base nas Ilhas Virgens Britânicas e que é controlada por Latifi, pai do competidor da F2 e piloto reserva da Force India Nicholas Latifi. 

Os outros acionistas do McLaren Grup, que também engloba os setores de carros de rua, competição e de tecnologia, são Mansour Ojjeh e o fundo de investimentos barenita Mumtalakat. 

Conhecido por ser um entusiasta da Ferrari, Latifi deixou seu país nativo, o Irã, para ir ao Canadá com sua família ainda adolescente, e inicialmente trabalhou no país no McDonald’s. 

Ele se formou em engenharia elétrica e posteriormente obteve um MBA. Ele é o proprietário da Sofina Foods Inc, a terceira maior empresa do ramo alimentício do Canadá. 

“Sou um admirador da marca McLaren e de seus negócios há um tempo”, disse Latifi. 

“A McLaren é uma organização única no ramo automotivo, de competição e de tecnologia, com possibilidades empolgantes de crescimento em longo prazo. É por isso que fiz este investimento. Estou orgulhoso em fazer parte da McLaren e desta marca incrível.”

O diretor executivo do McLaren Grupo, Shaikh Mohammed bin Essa Al Khalifa, disse: “Essa injeção de capital é um voto de confiança em nossa estratégia para o futuro, e o grupo permanece focado como nunca em se posicionar para crescer. Estamos satisfeitos por Michael Latifi se juntar à família McLaren.”

Um comunicado da McLaren confirmou que os fundos chegarão à equipe durante o próximo ano. 

“Uma injeção de capital de £ 203,8 milhões será feita pela Nidala Limited para a compra de 888,135 ações no McLaren Group Limited. Os recursos para o novo capital serão recebidos no curso do próximo ano.”

“Este novo capital, que é parte de uma simplificação do grupo nos últimos 12 meses, vai reforçar significativamente o balanço do grupo e apoiará seus planos ambiciosos de crescimento em um plano de negócios de cinco anos.”

Fontes da McLaren indicaram que seria errado concluir que o negócio possui ligação com Nicholas Latifi – em outras palavras, trata-se apenas de uma oportunidade comercial para seu pai. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Márquez testará F1 da Red Bull na Áustria em junho

Previous article

Márquez testará F1 da Red Bull na Áustria em junho

Next article

Hockenheim: GP de F1 não pode continuar com atuais condições

Hockenheim: GP de F1 não pode continuar com atuais condições

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias