Por barulho, times poderão adotar escapamento triplo em 2016

compartilhar
comentários
Por barulho, times poderão adotar escapamento triplo em 2016
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
14 de out de 2015 12:17

As equipes de F1 terão a opção de correr com um escapamento triplo na próxima temporada, na tentativa de fazer com que os carros sejam mais barulhentos

Red Bull Racing RB11
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR10
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB11
Marcus Ericsson, Sauber C34 stopped at the pit lane exit and pushed back by mechanics
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06 stuck behind Marcus Ericsson, Sauber C34 at the pit exit
Fernando Alonso, McLaren MP4-30 with flow-vis paint on the rear wing

O Motorsport.com revelou, durante o GP de Mônaco, que os times estavam trabalhando em uma solução para aumentar o barulho dos carros, após queixas dos fãs. O plano era tornar obrigatório dois tubos de escape, diferentemente de apenas um, que resultou no som abafado dos carros na F1 atual.

As ideias iniciais foram remodeladas e aprovadas por todos os times para serem colocadas no regulamento, e foram ratificadas pela FIA na mais recente reunião do seu conselho esportivo. A entidade publicou, agora, regras específicas, que pregam que o escapamento da turbina deve ser separado da descarga.

 

O novo artigo 5.8.2 do regulamento técnico atesta: "o sistema de escapamento precisam ter apenas um único cano de descarga para a turbina e também uma ou duas válvulas de descargas que precisam ser separadas e direcionadas para trás."

"Todos e apenas os gases do escapamento devem passar pela cano da turbina e todos e apenas os gases da válvula de descarga devem passar pelo cano(s) de descarga(s)".

A FIA também incluiu regulações para especificar onde os escapamentos devem estar instalados nos carros, na tentativa de prevenir o reaparecimento de difusores soprados. No entanto, é provável que as equipes procurem meios de direcionar o fluxo do escapamento para outras peças aerodinâmicas na traseira do carro.

 

 

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Fabricantes não poderão fornecer motores antigos a equipes

Previous article

Fabricantes não poderão fornecer motores antigos a equipes

Next article

Compra da Lotus pela Renault deve ser concluída em dezembro

Compra da Lotus pela Renault deve ser concluída em dezembro
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias