Por bom começo em 2018, Red Bull adianta lançamento de carro

Equipe adiantará cronograma em cinco dias, o que Horner acredita ser suficiente para iniciar próxima temporada de forma mais competitiva que a atual

O chefe da Red Bull, Christian Horner, acredita que, ao adiantar o lançamento de seu carro de 2018 por apenas cinco dias, isso irá ajudar a equipe a chegar com mais força na primeira corrida do próximo ano.

A equipe novamente conseguiu ganhar performance ao longo da temporada, transformando o RB13 em um vencedor de corridas e marcando mais pontos que a Ferrari desde as férias de agosto da F1.

Contudo, a equipe pagou o preço por um começo de temporada complicado, quando demorou a perceber que havia problemas de correlação entre túnel de vento e a pista, o que atrapalhou sua performance.

Na tentativa de garantir que não será atrapalhada por isso, a Red Bull mudará sua política tradicional, em que normalmente deixa para lançar seu carro no último momento a fim de maximizar o tempo de desenvolvimento.

Em vez disso, o time adiantará o lançamento do carro em cinco dias, algo que Horner acredita que irá ajudar a encontrar uma boa forma desde o início.

“Estamos focados em um lançamento levemente mais cedo, em apenas cinco dias, mas o cronograma está tão apertado que adiantar em cinco dias será, na verdade, bastante útil para começar com o pé direito”, disse.

“Nossa intenção é aparecer no primeiro teste em posição de conseguir completar cerca de 100 voltas.”

A Red Bull venceu duas das últimas quatro corridas, com Max Verstappen, e lutou pela pole position no GP do México.

Horner acredita que, como não haverá muitas mudanças no regulamento do ano que vem, há a confiança de que a equipe poderá dar continuidade ao seu atual bom momento.

“Temos regras relativamente estáveis, então as lições que aprendemos com o RB13 serão aplicadas no RB14”, disse.

“Obviamente, estamos esperançosos que, do ponto de vista do motor, performance e confiabilidade melhorem durante o inverno [europeu], e isso é um aspecto fundamental para nós.”

“Já demonstramos que temos um chassi realmente competitivo. Acho que, desde a Hungria, temos sido muito, muito fortes.”

“Então, como digo, se conseguirmos aplicar esse aprendizado no carro do ano que vem, espero que possamos começar de forma mais forte do que o 1s de atraso que tínhamos em Melbourne no começo deste ano.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias