Por dívidas, promotores do GP da Europa perdem controle da prova

O governo garantiu que a mudança não trará qualquer problema para o contrato já firmado com Bernie Ecclestone

GP da Europa está em sua quarta edição

Envolvido em dúvidas e sofrendo críticas populares desde sua primeira edição, o GP da Europa, realizado na cidade espanhola de Valência desde 2008 agora está nas mãos do governo local. O evento era gerido por uma empresa independente, a Valmor Sport.

De acordo com a agência de notícias espanhol EFE, a mudança de comando se deu pelo não pagamento de dívidas por parte da empresa promotora. No entanto, um porta-voz do governo garantiu ao jornal local AS que a mudança não trará qualquer problema para o contrato já firmado com Bernie Ecclestone.

No início de 2011, chegou-se a especular que os espanhóis terminariam o contrato com Ecclestone devido às dívidas do projeto, o que foi negado pelos então promotores. De fato, o número de vagas nas arquibancadas caiu em 25% desde a estreia da prova até o GP disputado em 2010.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Tipo de artigo Últimas notícias