Por limites de pista, Red Bull sugere zebras escorregadias

compartilhar
comentários
Por limites de pista, Red Bull sugere zebras escorregadias
Por: Adam Cooper
25 de out de 2018 15:36

Sugestão foi dada à FIA durante o GP dos EUA do último final de semana, mas diretor de provas rechaça possibilidade

Adrian Newey, projetista da Red Bull, sugeriu que a Fórmula 1 poderia usar "piso escorregadio" nas zebras para evitar o abuso de limites de pista, disse o diretor de prova da FIA, Charlie Whiting.

Os limites da pista se tornaram um ponto de discussão no GP dos Estados Unidos no último final de semana, com Max Verstappen sofrendo uma falha na suspensão depois de passar por cima de uma zebra durante a qualificação.

As novas zebras foram instaladas no circuito de Austin para evitar uma repetição da corrida de 2017, quando Verstappen perdeu o pódio por uma penalidade por passar Kimi Raikkonen, da Ferrari, cortando a curva 17.

Whiting insiste que a sugestão de Newey não é viável.

"Isso funciona melhor em alguns circuitos do que em outros", disse Whiting. “No Red Bull Ring, tivemos que colocar as zebras adicionais mais para trás, porque a primeira vez que elas foram instaladas, houve falhas de suspensão. Basicamente, os carros não conseguiam lidar com as zebras.”

"Você pode ver o problema, alguns carros estavam bem, outros não, mas eles tiveram que redesenhar seus carros para se certificar de que poderiam lidar com as coisas. Esta é uma das discussões fundamentais que eu tenho com eles às vezes. Eles querem que as zebras sejam projetadas para se adequarem aos carros e eu digo 'não, não é assim, você tem que projetar os carros para se adequarem aos circuitos'.”

"É um assunto complicado, que não é simples de encontrar uma solução.”

"Adrian Newey veio até mim recentemente e sugeriu e nós poderíamos ter algum tipo de zebra escorregadia, e eu disse: 'isso é ótimo Adrian, mas só se você puder encontrar uma zebra que detenha todos os tipos de carro e seja adequada para motos. Se isso existe, por favor me fale porque não podemos pensar em nada no momento.”

Adrian Newey

Adrian Newey

Photo by: Nikolaz Godet

Whiting diz que o fato de a F1 geralmente compartilhar circuitos com outros campeonatos de automobilismo, faz sugestões radicais, como as de Newey, difíceis de implementar.

"Esse é o maior problema: temos que permitir que os proprietários e os operadores das pistas possam usar seus circuitos durante todo o ano sem ter que trabalhar muito", disse Whiting.

"No Red Bull Ring, por exemplo, algumas das zebras que eles colocam conosco eles tiram quando têm atividades motociclísticas. Depende apenas de como os circuitos precisam operar. Seria uma coisa relativamente simples pedir a eles para instalar zebras que são adequadas para todos os tipos de carro, mas elas provavelmente seriam um pouco ruins para os carros de F1.”

"Esse é o problema quando você tem todos esses pilotos dirigindo, o Ferrari Challenge e coisas do tipo, os caras estão em todo lugar.”

"Eu sei que isso não é problema nosso, mas a MotoGP quer correr em alguns circuitos de F1, o Mundial de Superbike também, e eles precisam de curvas que não lhes causem muita dificuldade."

"Temos restrições que são boas o suficiente para os carros de F1, mas elas não são suficientes para deter a Porsche Supercup, por exemplo, mas são boas para as motos, e isso é um bom compromisso, já que vamos chegar onde você tem um circuito que quer correr com a F1 e a MotoGP."

Next article
Haas anuncia acordo com patrocinador principal para 2019

Previous article

Haas anuncia acordo com patrocinador principal para 2019

Next article

Após "festa" por vitória, Kimi não vê experiência como trunfo

Após "festa" por vitória, Kimi não vê experiência como trunfo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias