Por vice de Vettel, Ferrari não descarta usar tokens em Austin

Equipe italiana fala em utilizar possibilidade de melhorar unidade de potência para ajudar Vettel a segurar Rosberg

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, não descartou que o time possa usar os tokens de desenvolvimento que ainda possui para melhorar o motor do SF15-T para a próxima corrida, no Texas. A Scuderia está focada em dar a Sebastian Vettel vice-campeonato entre os pilotos.

No entanto, se a equipe resolver trazer um novo motor a combustão (ICE), ou turbo ou MGU-H seja para Vettel ou Raikkonen, terá de pagar uma punição de dez posições no grid de largada do GP dos EUA. Mesmo assim, Arrivabene considera as opções.

"Nós estamos pensando sobre isso e em Austin eu digo o que vamos fazer", disse o chefe de Maranello.

"É claro que a situação com Seb agora que ele está em segundo no campeonato mudou um pouco as coisas.”

"Temos que fazer nossos cálculos em casa e olhar para o que temos em nossas mãos antes de tomar qualquer tipo de decisão."

Uma possibilidade seria trocar a unidade de potência apenas de Raikkonen, considerando que o finlandês já não está mais na disputa.

O campeão mundial de 2007 disse em Sochi que está aberto a ordens de equipe para aumentar as chances de Vettel no duelo com Rosberg.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias