Pré-temporada tem pelo menos um dia com pista molhada

Primeira sessão de testes de pré-temporada da Fórmula 1 terá pelo menos um dia de atividades em pista molhada; objetivo é dar aos times rodagem com novos pneus de chuva

Mesmo com a Pirelli tendo garantido dois dias de testes exclusivamente para aperfeiçoar os compostos de pista molhada, tão criticados após o GP do Brasil do ano passado, a fabricante quer que os times experimentem os novos pneus de chuva nos carros de 2017 antes do GP da Austrália.

A ideia atual é que as equipes tenham pelo menos um dia de testes em pista molhada na primeira bateria da pré-temporada, que será realizada entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março.

Sem tais testes e com a F1 pretendendo realizar largadas a partir do grid após períodos de Safety Car, poderia existir um cenário em que os pilotos teriam a primeira experiência com os novos pneus de chuva apenas em Melbourne.

O uso de um dia de testes de pré-temporada para andar em pista molhada é previsto no regulamento da F1, mas simular artificialmente as condições de pista molhada é sempre uma tarefa árdua. Além disso, os times quase sempre se opõem a dedicar um dia inteiro a andar em piso molhado, pois consideram ter bom conhecimento da borracha anteiror.

Entende-se que o acordo fechado indica que se não chover nos três primeiros dias de testes em Barcelona, o quarto e último dia terá a pista sendo molhada artificialmente para simular um dia de chuva.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias