Preocupado com pneus, Vettel minimiza melhor tempo da sexta-feira

"Preciso admitir que não está fácil fazer um julgamento exato. Os macios certamente são mais velozes em uma volta"

Para Sebastian Vettel, decisão de pneus para a corrida é

Mais rápido desta sexta-feira em Valência, Sebastian Vettel procura não contar vantagem antes da hora.

O alemão da Red Bull ressaltou o fato de ter realizado as duas sessões de treinos sem encontrar dificuldades, mas minimiza o fato de estar no topo da tabela de tempos.
 
"Os tempos hoje não dizem muito. Para nós o importante foi termos tido um bom dia, sem nenhum grande problema. Testamos novidades no carro e todas parecem ter funcionado bem", conta o alemão, que destacou a dificuldade do vento e da pista suja neste primeiro dia de atividades.
 
"Foi difícil, estava escorregando muito de manhã e o vento ainda levava sujeira de volta para a linha ideal. E não é legal quando você recebe uma rajada de vento de lado ou atrás do carro. Na frente não tem problema porque até aumenta a aderência. Mas a previsão é de que o vento não será mais tão forte como estava no primeiro treino livre", continua o atual bicampeão, que ressalta: os pneus serão decisivos nas ruas espanholas.
 
"Os pneus novamente serão a chave da corrida. A corrida aqui é comprida e o clima deve estar um forno no domingo. O vencedor será decidido por quem fizer os pneus durarem mais e também tendo bons tempos de volta no final", analisa Vettel, que reconhece a dificuldade em entender o comportamento exato de cada um dos compostos trazidos pela Pirelli.
 
"Preciso admitir que não está fácil fazer um julgamento exato. Os macios certamente são mais velozes em uma volta, então na classificação não há dúvidas qual será o composto preferido. Para a corrida é complicado. A pergunta é quanto tempo os macios vão durar. No nosso caso foi positivo, mas precisamos ver como foi com os outros. Não deu para perceber nenhuma tendência, até porque deve estar mais quente no domingo. Hoje estava surpreendentemente mais fresco, com cerca de 25 graus celsius. Muita coisa ainda pode mudar e por isso eu prefiro não fazer nenhum prognóstico", completa.
 
Já seu parceiro de equipe, Mark Webber, fechou o dia em nono e diz que há espaço para melhora. "O carro está trabalhando bem, mas existem áreas onde podemos melhorar. Estava feliz com os pneus duros, mas o equilíbrio com os macios não estava ótimo, hoje, mas trabalharemos nisso."
 
"O vento teve um papel importante hoje, mas não tanto amanhã. Em relação às mudanças que fizemos no carro, saberemos no domingo se elas funcionarão bem para nós. O circuito ficará mais emborrachado e o tempo mais quente, então vamos ver", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias