"Preparação é o diferencial", diz Barrichello, 16°

compartilhar
comentários
Por: Bruno Vicaria
23 de set de 2011 12:38

Brasileiro se disse descontente com asa traseira, uma das novidades do time para corrida, cujo DRS não funcionou nos treinos

Rubens Barrichello deixa os boxes da Williams

Mesmo sendo um dos pilotos com a melhor preparação física da Fórmula 1, Rubens Barrichello sofreu com o calor de Cingapura nos treinos livres desta sexta-feira.

O piloto da Williams admitiu que a temperatura, a umidade e a falta de retas do circuito urbano exigiram o máximo de sua resistência. "É o calor, não é o cansaço. Aqui tem umidade de 85% sem vento, uma pista com 23 curvas, ao contrário da Malásia, que tem umas retas para respirar. Aqui o trabalho é duro e é ondulado. Esse é o diferencial entre quem está bem preparado ou não."
 
"Essa é uma prova que não dá pra andar no limite total do carro, do freio ao motor. Tudo o que exige da gente é exigido também do carro. É uma prova diferente", destaca o brasileiro de 39 anos, que fez uma avaliação do carro, não ficando muito contente com a asa traseira, uma das novidades do time para a prova.
 
"De manhã tive um carro melhor. À tarde tive problemas. Parecia mais equilibrada a parte aerodinâmica. Tive uma quebra de uma das aletas de baixo do assoalho quando bati na zebra e o carro desmontou, não ficou legal e vamos ter de reconstruir para amanhã", comenta.
 
"Será difícil chegar ao Q3, mas não impossível. Das atualizações, a asa traseira não abria o DRS quando deveria. Parece melhor, mas se não abrir, não adianta. O resto está bem parecido", explica Barrichello, que, por fim, pediu a volta da zebra da saída da curva 14, retirada pela direção de prova: "Sem ela, você lambe a parede."
 
Já seu parceiro, Pastor Maldonado, espera que o emborrachamento da pista ajude a Williams no sábado: "Não conquistamos o acerto ideal, uma vez que tivemos problemas com o acerto aerodinâmico do carro, mas podemos trabalhar isso no treino de amanhã. Com mais borracha na pista, ela vai melhorar e o carro também, por isso posso me animar."
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Cingapura)
Próxima Fórmula 1 matéria
Horner: "Continuaremos forçando, os títulos serão consequência"

Previous article

Horner: "Continuaremos forçando, os títulos serão consequência"

Next article

Pneu não dura volta lançada inteira, afirma Senna

Pneu não dura volta lançada inteira, afirma Senna
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias