Presidente da F1 lamenta, mas diz entender saída de Alonso

compartilhar
comentários
Presidente da F1 lamenta, mas diz entender saída de Alonso
29 de ago de 2018 20:10

Chase Carey definiu Alonso como um dos "heróis" da F1, mas está consciente de que suas últimas temporadas o convidam a deixar a categoria

Fernando Alonso, McLaren Mercedes, crashes
Fernando Alonso, Scuderia Ferrari crashed
Trouble for Rubens Barrichello, Williams F1 Team and Fernando Alonso, Scuderia Ferrari
Fernando Alonso, Ferrari crashes out at the start of the race
Charles Leclerc, Sauber C37, Fernando Alonso, McLaren MCL33 collide at the start of the race
The damaged McLaren MP4-30 of Fernando Alonso, McLaren

A saída (pelo menos momentânea) de Fernando Alonso foi a grande novidade das férias de verão da Fórmula 1, e quando a categoria voltou no final de semana passado no GP da Bélgica, foi o assunto que gerou mais comentários.

O presidente da F1, Chase Carey, falou aos microfones da Movistar + F1, e lamentou a saída do espanhol, que ele definiu como um dos maiores valores da principal categoria do automobilismo mundial.

"Fernando é uma das nossas estrelas e heróis", disse ele antes de explicar que entende a decisão tomada por um piloto que sofreu com a falta de resultados de sua equipe. "Gostaríamos de tê-lo aqui pelo tempo que ele quiser, mas sei que o ano passado foi frustrante e eu entendo que ele tem outros objetivos agora."

Leia também:

Carey confirmou que falou com Alonso e expressou seu desejo de que isso não seja um adeus definitivo: "Sempre há esperança e esperamos fazer um bom trabalho nos próximos anos, falei com ele e vamos continuar trabalhando".

Os proprietários da Fórmula 1 não negam que a categoria fez algo errado para perder um dos seus melhores pilotos, alguém que continua a gerar entusiasmo e admiração onde quer que vá, mesmo que seus carros nos últimos anos não lhe tenham permitido lutar por pódios.

As declarações de Carey vêm pouco depois de Sean Bratches, diretor comercial da F1, ter dito que entendia a saída de Alonso, já que a Fórmula 1 se tornou um campeonato "previsível".

Bratches, como Carey, reconheceu que a decepção do ponto midiático é tão alta quanto do esportivo: "A notícia me decepciona a partir do ponto de vista comercial. Eu respeito sua decisão e espero que ele possa seguir envolvido como um embaixador do esporte no futuro", disse.

Próxima Fórmula 1 matéria
Filho de Schumacher fala sobre pai: “Ele é meu ídolo”

Previous article

Filho de Schumacher fala sobre pai: “Ele é meu ídolo”

Next article

Confira os horários para o GP da Itália de F1

Confira os horários para o GP da Itália de F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias