Presidente da Ferrari cobra melhora “na velocidade da luz”

Sergio Marchionne critica time após início de temporada sem vitórias, mas acredita em potencial da equipe

Após outra grande frustração nesta temporada no GP da Rússia, onde Sebastian Vettel acabou sendo eliminado após toques com Daniil Kvyat da Red Bull, o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, não deixou barato e voltou a colocar pressão em cima do time.

Falando em Turim nesta segunda-feira na apresentação do novo Fiat Tipo, Marchionne disse que está longe de estar feliz com o que está havendo nesta temporada.

"Precisamos nos aproximar na velocidade da luz", ele disse aos meios de comunicação italianos.

"Estava acostumado a ver uma Ferrari com Michael Schumacher, por isso quebra minha alma para ver uma Ferrari sofrendo tanto."

Mas ao invés de ser pessimista sobre a situação na qual a equipe se encontra atualmente – com a Mercedes e Nico Rosberg muito à frente no campeonato – Marchionne diz que ainda não perdeu a fé.

"Ontem foi um dia ruim e ainda há muito trabalho a fazer, mas tenho toda a confiança que a equipe vai conseguir."

Colaborou Roberto Chinchero

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias