Presidente da Ferrari cobra Vettel: “deve ser mais calmo”

Sergio Marchionne faz críticas a tetracampeão e diz que seus dois pilotos estão “sob inspeção” constante

Que a temporada de 2016 não foi boa para a Ferrari, todos sabem. Mas o presidente da montadora continua a ser ácido em suas críticas ao time. Desta vez, Sergio Marchionne mirou em seus pilotos, Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen.

Segundo o italiano, nada está garantido para além do próximo ano e a dupla está sob intensa observação.

"Quanto aos nossos pilotos, é um trabalho em andamento", disse Marchionne, segundo o Repubblica.

"Eu admito que estamos olhando ao nosso redor para o futuro, analisando cuidadosamente as situações dos outros. Isso não significa que não temos confiança em nossos pilotos, mas é justo dizer que eles estão sob inspeção.”

"Estou feliz com a temporada de Raikkonen. Ele vai correr novamente em 2017, mas o que acontece depois disso? Ele quer se aposentar ou continuar?”

"Com Vettel não faz sentido falar de renovação agora, devemos primeiro entender se ele se sente confortável conosco em 2017. Devemos dar a ele um carro vencedor, caso contrário falar sobre o futuro é inútil.”

"Ele quer ganhar conosco, nós sabemos disso. Podemos garantir isso a ele? Em troca, ele deve guiar com compostura, ser mais calmo, menos agitado.”

"Ele deve pensar em ganhar na pista e bater os outros carros, não sobre entrar em brigas pessoais."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias