Presidente da Ferrari confirma conversa para definir futuro de Alonso

Piloto espanhol ainda não sabe se seguirá no cock-pit da Ferrari para a próxima temporada

Alonso ainda não sabe onde guiará em 2015
Os boatos sobre o futuro de Fernando Alonso ganham novos contornos a cada semana. Agora, em Suzuka, a Ferrari decidiu diminuir esses questionamentos. O novo presidente da escuderia, Sergio Marchionne, admitiu que o espanhol se tornou uma das pautas principais da equipe.
 
[publicidade] “O problema está sendo tratado pelo Mattiacci, e vamos conversar sobre depois de 13 de outubro. Confirmo isso, mas a decisão também depende dos pilotos e do que eles querem", afirmou o dirigente, que passou o ‘problema’ para o chefe da escuderia.
 
O futuro de Fernando Alonso se tornou um mistério nas últimas semanas. Embora tenha contrato com a Ferrari até o final de 2016, o espanhol possui uma cláusula que o permite deixar Maranello sem compensações para o time vermelho.
 
No item, Fernando Alonso precisa atingir um grau de competitividade na busca pelo título do Mundial de Pilotos. Com a astronômica diferença entre o espanhol e Lewis Hamilton (108 pontos), o bicampeão mundial poderia trocar de escuderia para 2015.
 
A McLaren, que a partir de 2015 correrá novamente com motores Honda, surgiu como grande favorita a, no caso, tirar Alonso da Itália. A montadora japonesa, na parceria com a equipe, quer a contratação de um grande piloto para a próxima temporada.
 
A indefinição ainda maior do futuro de Fernando Alonso ocorre na semana do Grande Prêmio do Japão, ‘casa’ da Honda e, por consequência, da McLaren. O espanhol chega no autódromo de Suzuka com 133 pontos, na quarta posição do Mundial de Pilotos.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias