Presidente da Ferrari espera Vettel “menos emotivo” em 2018

Sergio Marchionne crê que autoanálise e comprometimento farão com que alemão tenha abordagem mais fria na F1

O presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, acredita que Sebastian Vettel virá com uma abordagem menos emotiva para a disputa do título da F1 em 2018.

O alemão teve campanha forte ao longo da última temporada, com cinco vitórias, a liderança do campeonato por parte do ano e a luta pelo título. Porém, acabou derrotado por Lewis Hamilton com duas provas de antecipação, fechando com o vice.

A campanha de Vettel também foi marcada pela controvérsia ocorrida no GP do Azerbaijão, quando um ato de cabeça quente do piloto rendeu uma punição e custou uma potencial vitória após as dificuldades de Hamilton.

Marchionne acredita que Vettel irá aprender com o ocorrido para corrigir suas falhas em 2018. “Sebastian é um cara que estuda muito, estuda a si mesmo e é comprometido. Portanto, acho que veremos menos de seu lado emotivo”, disse o presidente da Ferrari.

“Acho que ele já aprendeu o suficiente. Além disso, houve muitas oportunidades para ele se irritar, já que ele teve algumas temporadas difíceis, neste ano e no ano anterior.”

“Continuo achando que temos uma obrigação com esses pilotos, que é dar a eles um carro com o qual eles possam lutar com os outros. Acho que demos a eles um ótimo carro em 2017, então, de agora em diante, está nas mãos dele.”

Vettel continuará na Ferrari pelo quarto ano seguido em 2018, mantendo a dupla com Kimi Raikkonen.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias