Presidente da Renault deve autorizar acordo com a Red Bull

compartilhar
comentários
Presidente da Renault deve autorizar acordo com a Red Bull
Por: Franco Nugnes
5 de nov de 2015 13:48

Novela sobre o motor da Red Bull para temporada 2016 deve chegar ao fim em breve

Christian Horner, Red Bull Racing
A Red Bull Racing RB11 is prepared in the pits
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB11
Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB11
Daniil Kvyat, Red Bull Racing
Daniil Kvyat, Red Bull Racing
Renault Sport F1 employee

De acordo com a publicação francesa AutoHebdo, a Renault recebeu a permissão do presidente Carlos Ghosn para fornecer os seus motores para a Red Bull em 2016. Provavelmente, o propulsor não terá a marca da montadora francesa e poderá ser desenvolvido por outra empresa.

Red Bull e Renault entraram em guerra neste ano após a escuderia austríaca reclamar publicamente do rendimento da unidade de potência em comparação a Ferrari e Mercedes.

Um comunicado oficial de um acordo entre Renault e Red Bull deve ocorrer em breve, colocando um fim à possibilidade de a marca de bebidas energéticas encerrar a sua participação na categoria, já que ainda não tem um propulsor para 2016.

Especula-se que Ghosn recebeu um pedido de desculpas oficial por parte da Red Bull. Já a Toro Rosso, outra equipe da marca, deverá correr com motores Ferrari, mas com especificação de 2015.

A Renault ainda negocia o seu futuro na F1. A marca está próxima de comprar a Lotus e voltar a ter uma escuderia de maneira oficial em 2016, ano em que ainda não deverá rebatizar o nome da equipe, já que teme pelo desempenho dos carros.

Próxima Fórmula 1 matéria
Em rota de colisão, Niki Lauda pode deixar a Mercedes

Previous article

Em rota de colisão, Niki Lauda pode deixar a Mercedes

Next article

Análise: existe futuro para as mulheres na F1?

Análise: existe futuro para as mulheres na F1?
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo Shop Now , Daniil Kvyat Shop Now
Autor Franco Nugnes
Tipo de matéria Últimas notícias