Primeiro a vencer pela Ferrari na F-1, José Froilán González morre

Ex-piloto argentino de 90 anos de idade ganhou primeira prova pela escuderia italiana em Silverstone em 1951

Josá Froilán González

José Froilán González, piloto da F-1 entre 1950 e 1960, morreu nesta madrugada aos 90 anos de idade. O argentino havia sido internado há dois meses por complicações respiratórias. Em março, González havia entrado na fila de doação de sangue para uma cirurgia que acabou não sendo realizada.

O piloto, 11 anos mais novo que o compatriota e pentacampeão Fangio, somou duas vitórias na carreira. A mais notável delas foi em Silverstone em 1951, quando se tornou o primeiro piloto da história a levar uma Ferrari ao primeiro lugar na F-1.

Naquele ano, com ainda mais quatro pódios, o argentino foi o terceiro no mundial, atrás de Juan Manuel Fangio, campeão do mundo pela primeira vez, e Alberto Ascari, seu companheiro na equipe Ferrari.

Mas sua melhor temporada foi em 1954, quando foi vice-campeão atrás de Fangio, vencendo mais uma vez na pista de Silverstone. Ele somou 15 pódios, três pole positions e seis voltas mais rápidas.

Em 2011, Fernando Alonso andou em Silverstone poucas horas antes do GP da Grã-Bretanha com a Ferrari de “Pepe” - como era chamado - vencedora da corrida em 1951. O espanhol não decepcionou e venceu naquele dia a única corrida do ano para a Ferrari, 60 anos depois da primeira vitória.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias