Primeiro a vencer três seguidas em Mônaco desde Senna, Rosberg reconhece sorte

Alemão da Mercedes reduz diferença para Hamilton no campeonato, mas é contido em comemoração

Feliz? Com certeza. Satifeito? Nem tanto. Nico Rosberg reconheceu logo após a corrida que teve sorte em vencer pela terceira vez seguida o GP de Mônaco. O piloto é o primeiro a ganhar três vezes seguidas no principado desde o brasileiro Ayrton Senna, que ganhou cinco vezes seguidas entre 1989 e 1993.

Entretanto, Rosberg foi contido em sua comemoração no fim da corrida, reconhecendo que apenas o problema de Hamilton lhe deu a vitória.

“Sim, estou muito feliz com esta vitória, mas sei que tive muita sorte aqui hoje”, iniciou Nico.

“Lewis dirigiu brilhantemente e ele merecia a vitória com certeza. Mas é do jeito que é, corrida é assim, e hoje definitivamente estou muito feliz com a vitória.”

Perguntado, Nico Rosberg disse que não teve ideia do que houve com o parceiro da Mercedes no Safety Car. “Não sei, desculpe.”

“Não sei o que houve. Como sempre estamos no carro e é difícil julgar que decisões tomar e o que vamos fazer, coisas assim. Obviamente foi difícil fazer a relargada com os pneus macios frios, mas deu certo. Estou muito feliz.”

“Sei que tive sorte hoje. Apenas tentei aproveitar o momento. Mas precisamos trabalhar duro, porque Lewis estava mais forte neste final de semana, então precisamos trabalhar melhor para a próxima corrida.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Sub-evento Domingo corrida
Pista Monte Carlo circuito de rua
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias