Primeiro chinês a participar de GP fará treino livre pela HRT, em Monza

Ma Qing Hua substituirá Narain Karthikeyan na primeira sessão de sexta-feira. Piloto já está na equipe desde abril

Ma Qing Hua durante teste em Silverstone

Nesta sexta-feira, o piloto Ma Qing Hua fará história. Será o primeiro chinês a correr em um final de semana de Fórmula 1. Qing Hua substituirá o indiano Narain Karthikeyan, na HRT, durante a primeira sessão de treinos livres do GP de Monza, na Itália. “Será a primeira vez que um piloto chinês participa de um grande prêmio de F1, o que é muito importante para o automobilismo de nosso país. É uma grande oportunidade e um enorme passo. Quero agradecer a todos que apoiaram, desde a HRT, até os meus patrocinadores, meus pais e as federações chinesas de esporte e de automobilismo”, disse o piloto em entrevista ao site oficial da F1.

Qing Hua, de 24 anos, entrou para a HRT em abril desse ano e desde então vem seguindo um programa de desenvolvimento que inclui testes com carros de categorias inferiores, trabalho em simulador e um rigoroso treinamento físico. Em julho, ele também testou com o carro da HRT em Silvertone, quando adquiriu a Super Licença emitida pela FIA. 

“Estou muito animado, mas também calmo. Tenho trabalhado muito nos últimos meses para que estivesse preparado quando surgisse essa oportunidade. Estive com a equipe nos últimos GPs e aprendi muito com os engenheiros. Essa sessão em Monza faz parte do meu programa de desenvolvimento e servirá para que eu adquira experiência e consiga realizar meu sonho de guiar na Fórmula 1”, comentou o piloto.

Qing Hua foi campeão chinês juvenil de Kart aos 12 anos e já competiu na Fórmula Renault, A1 Grand Prix e Fórmula 3.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Tipo de artigo Últimas notícias