"Primeiro dos mortais", diz Alonso sobre conquista do vice-campeonato

compartilhar
comentários
17 de nov de 2013 20:51

Espanhol chega na quinta colocação em Austin e garante segundo lugar no mundial de pilotos em 2013

O principal objetivo da Ferrari e de Alonso neste final de ano é tentar ultrapassar a Mercedes e garantir o vice-campeonato de construtores, o que garante alguns milhões de dólares. Em Austin, este objetivo ficou mais longe, já que a Ferrari pontuou menos que sua rival, mas pelo menos o espanhol pode garantir o vice de pilotos.

“Isso já estava praticamente assegurado, pois Kimi ou Hamilton precisavam ganhar duas corridas, mas era difícil, já que a Red Bull sempre ganha. Estou feliz por ser vice-campeão de novo. Sabemos que fui o primeiro dos mortais, considerando a Red Bull”, enfatizou Alonso, que chegou aos 227 pontos e não pode mais ser alcançado pelos adversários.

“Nosso objetivo aqui era tirar a diferença da Mercedes, mas agora temos que deixar para o Brasil. Era um objetivo ousado, pois era difícil ir ao Q3, e inclusive, como vimos com o Felipe, era difícil até pontuar. Por algum motivo nesta parte final do ano, perdemos competitividade. Demos vários passos para trás e só estamos pensando em chegar aos pontos. Quinto em Abu Dhabi, quinto aqui... são bons pontos, mas não o suficiente para passar a Mercedes”, lamentou.

Sobre a corrida, o espanhol ressaltou a dificuldade em largar do lado sujo da pista, o que lhe valeu a perda de uma posição – para Pérez e o sofrimento para segurar Nico Hulkenberg na última volta. “Na largada sabíamos que seria complicado sair no lado sujo e acabamos perdendo uma posição. Na primeira parte da corrida eu não conseguia me aproximar de Pérez e Hulkenberg, porque os pneus estavam acabando. Mas na segunda parte, com os duros, ficamos mais competitivos e pude atacar. No final, fiquei sem pneus nas últimas voltas e sofri com Hulkenberg. Uma volta a mais ele me passaria”, comentou. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Rubinho: "Schumacher era melhor, mas se as coisas fossem mais abertas..."

Previous article

Rubinho: "Schumacher era melhor, mas se as coisas fossem mais abertas..."

Next article

Engenheiro brasileiro Ricardo Penteado troca Lotus por Toro Rosso

Engenheiro brasileiro Ricardo Penteado troca Lotus por Toro Rosso
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias