Primeiros pegas de Alonso e Raikkonen foram ainda no kart

Os futuros companheiros de equipe ainda eram adolescentes quando correram ao lado do brasileiro Ruben Carrapatoso

Quem pensa que a rivalidade de Fernando Alonso e Kimi Raikkonen começou na Fórmula 1 está enganado. Os dois vêm se cruzando nas pistas desde o final dos anos 1990, quando coincidiram em diversas competições de kart.

E quem foi testemunha ocular deste duelo é o brasileiro Ruben Carrapatoso, kartista profissional e que chegou a ser campeão mundial da modalidade.

“O Alonso e o Raikkonen – assim como o Hamilton e o Kubica – eram kartistas fenomenais. A rivalidade vem desde essa época e é bem legal eles lembrarem disso. Eles já eram rotulados como top. Era um grupinho de uns 10 pilotos que sempre andava na frente, e os dois eram muito competitivos.”

Hoje, Raikkonen é famoso por ser um homem de poucas palavras, mas Carrapatoso lembra que Alonso, quando adolescente, era muito parecido com o finlandês.

“Acho que eles tinham o mesmo perfil, não conversavam muito com os outros, não eram muito chegados em brincadeira e ficavam mais falando com os mecânicos. O Raikkonen só conversava com os outros pilotos finlandeses.”

No kart, Alonso foi campeão mundial júnior e europeu da Categoria Internacional A, enquanto Raikkonen ficou vice-campeonato europeu, no ano seguinte à conquista do espanhol.

“Olhando eles hoje na mesma equipe, acho que o Alonso vai ter trabalho e quem vai ganhar é a Ferrari”, opina Carrapatoso. “São dois pilotos bem competitivos e vão querer ganhar a qualquer custo, mas sem essa história de um quere passar por cima do outro. Se o Kimi foi para a Ferrari, é porque eles deram liberdade para ele trabalhar como quer porque ele é um cara que não liga se ganha mais ou menos, mas em ter condições de ganhar.”

Mesmo prevendo um duelo apertado, o piloto fica com o espanhol. “Difícil, mas coloco minhas fichas no Alonso.”

O brasileiro ainda lembrou de uma história que narra bem como os dois pilotos já demonstravam seu talento desde cedo.

“A pista de Mônaco, ao contrário da F-1, não tinha guard rails. A proteção era com feno e, como tinha chovido, o feno estava com água retida. Na corrida, Kimi e Alonso estavam em terceiro e quarto e eu logo atrás. Acabei passando os dois, mas depois me enrosquei e capotei feio. A pista estava perigosa, era muito estreita, e o Kimi e o Alonso acabaram se tocando também. Na bateria final, todos largaram lá atrás e eles vieram passando todo mundo. A corrida deles foi muito legal.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias