Problema dos brasileiros da Fórmula 1 está no lado emocional, diz Ingo

Em entrevista ao TotalRace, o 12 vezes campeão da Stock Car expressa sua opinião sobre a situação atual de Massa e Senna

O ex-piloto de Fórmula 1 e 12 vezes campeão da Stock Car Ingo Hoffmann concedeu uma entrevista exclusiva ao TotalRace em que comentou o cenário brasileiro na categoria máxima do automobilismo e reconheceu que "o lado dos brasileiros não está nada bom."

O “Alemão” acredita que a pouca combatividade de Felipe Massa e Bruno Senna na atual temporada se dá por problemas que tangem os aspectos do psicológico. E os grandes culpados disso são seus companheiros de equipe Fernando Alonso e Pastor Maldonado.

"O Massa está passando um momento muito difícil, e não é de agora, já faz algum tempo. Creio que, com a chegada do Alonso na equipe, ele se deu uma desestruturada mental por ter uma superfera como companheiro", disse Ingo. "E na hora que dá uma abalada emocional em qualquer desportista é bastante difícil de passar por essa fase", comentou.

E o "problema" de Bruno Senna não muda muito do de Massa na visão de Ingo. Para ele, a vitória de Maldonado na Espanha foi um banho de água fria no brasileiro.

"O Senna começou o ano muito bem, sendo inclusive mais rápido que o Maldonado em algumas classificações, mas aconteceu a mesma coisa que aconteceu com o Massa: no instante em que seu companheiro ganhou a primeira corrida, aí, em minha opinião, Senna já se sentiu meio pressionado do tipo 'tenho que mostrar serviço também'. Com isso, as coisas não fluem mais naturalmente e dá uma travada um pouco na pilotagem", finalizou.

Ingo Hoffmann também opinou sobre Rubens Barrichello aqui no TotalRace. Veja: 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias